Seja Bem Vindo(a) e fique a vontade!

Você faz parte de tudo isso, dos fatos, dos sonhos, da vida, do mundo. Você faz parte do que faz você ser o que você é.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Seja quem for

Você me vê, mas não me conhece
Você me ouve, mas não me entende
Você me toca, mas não me sente

Eu não sou tão transparente
Minha dor, não verá facilmente
Meu humor muda constantemente

Eu sou o que sou, não o que você pensa
Não me importa sua cor, gênero ou crença
Respeito é a raiz da boa convivência

Seja quem for
Não me julgue, não me ofenda, não me provoque
Respeite. E terá, de mim, o que for bom.



Autor: Edinei L. da Silva - Argonauta021
Imagem: daqui

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Onde os que amo estão é onde quero estar

Fico feliz
Fico triste
Fico só
Fico são
Fico louco
Fico muito
Fico pouco
Fico a pé
Fico na fé
Fico longe
Fico perto
Fico aqui
Fico sem mim.

Fico indo
Fico vindo
Fico e volto
Fico sem saber
Onde estou
Onde fico
Onde me perdi.

Fico amando
Sofrendo
Ficando
Sorrindo e chorando
Fico esperando
O momento de ficar de vez
Sem precisar ficar voltando.



Onde os que amo estão
É onde quero estar.



Autor: Edinei L. da Silva
Imagem: daqui

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

A arte da convivência

     

     Nada fácil, pra começar. Pois para se dominar essa arte é preciso, antes de tudo, dominar a si mesmo. Este é o "x" da questão.
     E quem domina a si mesmo cem por cento do tempo? Quem nunca perdeu a paciência, falou e/ou fez besteira na hora da raiva, da paixão, da dor, da emoção.
     Controlar a si mesmo em situações que nos tiram do nosso estado de serenidade é, sem dúvida, o maior desafio. Eu mesmo sou um aprendiz nível 00 nessa categoria.
     Contudo, aprendi que, se o mundo em que está inserido não lhe pertence, você precisa se adaptar, seguir regras, e muitas vezes, inibir sua própria vontade ou opinião pelo bem do equilíbrio que deve ser mantido, mas não a qualquer custo. há coisas que são inaceitáveis, e nesses casos, é preciso se manifestar.
     Não estou aqui dizendo que devemos ter sangue de barata  a tudo que nos é imposto, mas que, antes de tornar pública uma opinião ou atitude controversa, precisamos medir suas consequências num âmbito muito mais amplo que apenas nós mesmos. Há um mundo inteiro ao redor que também sofrerá ou absorverá consequências desse fato.
     Então, antes, é bom se perguntar: - Vale mesmo a pena?
   Se valer, vá com tudo e aguente o rojão das consequências ou goze dos bons resultados.
     Boa sorte!

Autor: Edinei L. da Silva - Argonauta021
Imagem: daqui

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Mantém


Quis evitar o confronto indireto
Parti direto pra briga
Mas ainda não estava perto o suficiente
Soquei o vento, bati na brisa

Quis acabar de vez com essa peleja
Mas eu não contava com tanta dureza
Tantos golpes quanto esquivas
E coringas sobre a mesa

Fiz do ataque minha defesa
Sem muitas alternativas
O jeito foi manter a guarda
E aguardar o sino tocar

No intervalo, respiro
Volto pro meu lugar
Numa olhada confiro
Como está o placar

Começa mais uma partida
Que a vida não dá moleza
Não importa o modo que a vida te obriga a lutar
Se o ringue é um campo, um trabalho, uma família pra cuidar

O jeito é manter a guarda
Aguardar o sino tocar
Fazer do ataque a defesa
E defender-se, sem recuar.


Autor: Edinei L. da Silva (Argonauta021)
Imagem: daqui

sábado, 8 de novembro de 2014

Conversa - Parte 2


Ééé meu amigo...
Tem dias que não dá pra ficar de papo com a esperança
nesses dias é melhor manter distância.
Seria abuso abusar de risos sem sentido
pois afinal, quem é que, nessa vida, vive sempre sorrindo?
Seja no escuro do quarto, no banheiro,
num canto escondido, ou na chuva,
lágrimas sempre rolam.
Às vezes de dentro pra fora.
Às vezes choramos por dentro.

Ééé meu amigo...
Partilho de teu sofrimento.
Em dias que a dor é mais que um momento
e as coisas boas parecem ter se escondido
diminuídas, ficam invisíveis aos olhos, ao toque, ao pensamento.
Tanta miséria para lamentar que já nem vale tanta lágrima.
Tantas perdas...
Enfim, não vale a pena chorar pelo que não vai ter fim.
Se, na vida, há algo que valha chorar
que essa lágrima escorra sobre um sorriso feliz.

Mas, tolos somos tanto, que choramos por tão pouco,
que era tudo que que precisávamos naquele momento.
O que se tira, além de tanta dor?
Apesar da vida sofrida, labuta além da conta,
raia, novo, o dia. O sol invade a janela
e te pergunta:
- Vais ficar a chorar ou vem pra fora
ao encontro dela?


Autor: Edinei L. da Silva
Imagem: daqui

Pra ver e ouvir:

Hoje no Brasil e no Mundo

Loading...